O Toque

toque1A pele é um sistema de comunicação gigante. Uma área de 3,8cm2 de pele possui aproximadamente 3 milhões de células, 100 glândulas sudoríparas, 50 terminações nervosas, 90 centímetros de vasos sanguíneos. Estima-se que haja 50 receptores sensoriais a cada 100 centímetros quadrados.

Contatos básicos, como o carinho e o afeto, bem como o toque terapêutico, são recebidos através da pele. À medida que as terminações nervosas são estimuladas, sinais são enviados para o cérebro, propiciando relaxamento, sensação de bem-estar e de alívio da dor. Como consequência, o indivíduo passa a ter uma percepção melhor do seu corpo, de suas emoções e sentimentos, o que facilita sua relação consigo mesmo e com o mundo que o cerca.

toque2
O toque é uma das principais necessidades do animal, seja ele racional ou irracional, e tem sido usado como terapia desde as civilizações mais antigas. Alguns estudos demonstram a importância do contato físico para os recém-nascidos e no desenvolvimento dos primatas. É sabido, por exemplo, que macacos jovens privados de convívio próximo sentem dificuldade em se relacionar e que a ausência do toque produz irritabilidade e depressão nas crianças.

Além dos indianos, os chineses, os egípcios, os mesopotâmicos, os gregos e os romanos utilizavam a massagem como instrumento de cura.

A massagem é um método de tocar, pressionar, friccionar e amassar diversas regiões do corpo, a fim de aliviar a dor, relaxar, estimular e tonificar músculos, tendões, ligamentos e articulações. Tem como finalidade promover o equilíbrio e o bem-estar físico, mental e espiritual.

Na Índia, existem vários tipos de massagem. As técnicas Abhyanga e Shirodhara utilizam bastante óleo e são algumas das mais conhecidas no Ocidente. Fazem parte de um antigo sistema natural de saúde indiano chamado Ayurveda, cuja abordagem preventiva oferece diversas terapias para restaurar o equilíbrio funcional do indivíduo.

Reza a lenda que a Ayurveda foi transmitida dos deuses aos mortais via os rishi, os homens santos da época. E essa ciência sempre reservou à massagem um lugar fundamental.

Esculturas e desenhos antigos mostram a massagem como um dos passatempos favoritos dos deuses. Algumas ilustrações retratam Vishnu, o deus da preservação, recebendo massagem de sua consorte Lakshmi. Suas manobras salvadoras acalmavam-no, preparando-o para efetuar sua missão, que era a de gerir o equilíbrio do mundo.

Até os dias de hoje, essa terapia natural é usada regularmente na Índia, tanto de forma preventiva, para promover o bem estar geral, como no tratamento de pequenos desconfortos. Os médicos ayurvédicos também a utilizam de forma sistemática no tratamento de doenças mais graves. Esse trabalho corporal, natural e extremamente eficaz, é aplicado em bebês, crianças, adultos e idosos.

É da Ayurveda que deriva a Yoga Massagem Ayurvédica, técnica criada pela indiana Kusum Modak. Essa terapia, que mescla conhecimentos milenares da Ayurveda e da Yoga, lança mão de deslizamentos com óleos naturais e pó, manobras de alongamento, respiração profunda e meditação para alcançar seu objetivo final, que é o equilíbrio físico e mental de seus pacientes.

Atualmente, são crescentes a violência e o medo do contato físico na sociedade em que vivemos. Isso produz toda sorte de distúrbios do corpo e da mente. Em contrapartida, o ser humano corre em busca de tudo que possa promover o seu reequilíbrio e bem-estar. Em algumas culturas milenares, diferentes técnicas, como a massagem e a meditação, consolidaram-se nesse sentido. No Ocidente, a massagem como terapia está evoluindo dentro e fora dos sistemas de saúde de países como os Estados Unidos e o Brasil. Nos Estados Unidos, por exemplo, faculdades de medicina têm incorporado a disciplina de cuidados complementares de saúde em seus programas, enriquecendo a formação de novos médicos.

Trecho do meu livro Yoga Massagem Ayurvédica – A Transformação pelo Toque.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s